Brasil

Parceria entre Apple e OpenAI tem ‘data’ para acabar; entenda

A parceria da Apple com a OpenAI, que tem como foco integrar o ChatGPT à Siri, será temporária, conforme previsão de Dag Kittlaus, cofundador da assistente virtual antes dela ser adquirida pela big tech. Segundo ele, o acordo, que deve ser oficialmente anunciado nos próximos dias, será apenas de curto a médio prazo, já que o foco da dona do iPhone é ter seu próprio chatbot.

O que você precisa saber:

A Apple é uma das poucas empresas que tem sido cautelosa em novidades relacionada à IA, sendo, inclusive, considerada atrasada em atualizações desses recursos visto o boom da tecnologia;
Contudo, ela vem trabalhando há algum tempo em seu próprio chatbot generativo de IA, que foi apelidado de Apple GPT;
Acredita-se que a parceria com a OpenAI chegue para acelerar este projeto, mas principalmente turbinar a Siri como parte do lançamento do iOS 18;
Conforme relatado pela Bloomberg, Kittlaus disse que o “relacionamento será de curto a médio prazo”, já que o foco da Apple, historicamente falando, é ter tecnologias próprias (hardware, software e serviços).

“Você pode apostar que eles trabalharão duro para desenvolver suas próprias competências”, disse Dag Kittlaus, cofundador da Siri.

O acordo provisório faz sentido, já que a Apple não pode mais esperar para anunciar novidades de IA — principalmente enquanto uma de suas bases mais forte, a venda de iPhones, enfrenta crise devido à concorrência chinesa. A união dá suporte à empresa enquanto se prepara para lançar seus próprios produtos.

Vale lembrar que big tech também falou com o Google para usar o Gemini, apesar do (possível) acordo com a OpenA

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo